Força Flexitariano, Força! – O Caminho‘Vegetarian… esco’ para um Estilo de Vida Saudável

Nina Hamrén, a Especialista de Compensação e Recompensa de Benefícios Oriflame, tem uma barriga mais feliz, sente-se mais saudável e perdeu o peso em excesso – tudo graças ao Programa Roadmap Oriflame e a uma dieta com mais vegetais e menos carne.

Em Março de 2010, Nina teve oportunidade de se juntar ao Programa Roadmap Oriflame. Embora já tivesse pensado em alterar a sua dieta, nunca se sentiu suficientemente motivada. “Esta dieta pareceu-me adequada para mim, porque ensina a comer melhor e a sentir-se bem”, explica Nina. “Nem parecia que estava a fazer dieta – parecia uma forma de viver uma vida mais saudável. Adoro fruta, vegetais e nozes, por isso não fiz sacrifício nenhum a comer menos carne, que faz parte do programa”.’

Os participantes do programa recebem um modelo de uma refeição para seguir e instruções sobre a frequência com que devem comer e quais os alimentos que fazem melhor. O objetivo do programa é reduzir o consume de carne; focando-se na fruta e vegetais. Esta forma de alimentação foi denominada de ‘flexitariana’ – dá mais liberdade de comer carne se assim o desejarmos, enquanto faz da fruta e dos vegetais a parte principal da dieta. O programa inclui ainda suplementos alimentares rápidos e saudáveis – sopas, batidos e barritas. Os suplementos de refeição são naturais, sem lactose, sem glúten e sem OGM e contêm Ómega 3. Os batidos eram o snack perfeito para a Nina, para ajudar a mantê-la longe do vício da comida de plástico. Ela preencheu o programa com antioxidantes e suplementos vitamínicos, bem como realizou muitas caminhadas e exercícios.

‘“Nunca me senti tão bem desde que quando comecei o programa”, disse Nina. “Apenas a poucas semanas, dei-me conta que já não tinha dores de estômago. Sempre tive problemas de estômago e senti uma grande diferença muito rapidamente. Mais vegetais fazem a minha barriga muito feliz!”’

A Nina também notou que estava a pensar mais sobre o que comia. “O programa fez com que tivesse noção sobre o que me faz sentir bem. Na Suécia temos tendência a comer carne como prato principal, com acompanhamento de vegetais e batatas. Quando inverti isso, e transformei a carne em acompanhamento, comecei a sentir-me muito melhor. E nunca sonhei que conseguisse perder 20kg! Isso é coisa de revistas; coisas que só acontecem aos outros. Se eu soubesse o quão melhor me ia sentir e quão fácil seria, há muito que já me teria transformado em flexitariana!”’

 


DICAS!
A nossa nova série traz-lhe as melhores dicas para uma vida mais saudável. No próximo mês: É mesmo possível prolongar 2 anos à sua vida?

Texto: Fotografia: Getty Images